28 dezembro, 2012

Aplicando a regra dos 5 S´s


Dê uma olhada no seu local de trabalho - seja ele uma sala de escritório, uma oficina, um táxi, qualquer lugar  - é um lugar organizado? Devido à correria do dia a dia, não temos tempo para prestarmos atenção nisso. E por isso, em alguns casos, trabalhamos num lugar desorganizado.

Tem gente que acha que este tipo de ambiente indica que os funcionários trabalham bastante, não tendo tempo para cuidar destas coisas. Mas podemos continuar produzindo o suficiente e, ao mesmo tempo, cuidar do nosso local de trabalho.

A primeira coisa que devemos ter em mente é que esta organização é importante. Afeta até mesmo o nosso rendimento no serviço. Quando estamos num lugar organizado, trabalhamos mais animados. Se precisamos procurar alguma coisa como uma ferramenta ou uma nota fiscal, achamos com muita mais facilidade.

Agora, se temos problema com a organização, existem algumas ferramentas que podem nos ajudar. Uma desta ferramentas é o 5S - uma metodologia japonesa para organização de qualquer ambiente.

O que significa os 5S? São palavras que, transliteradas para o nosso idioma, começam com a letra S. São elas: Seiri,Seiton, Seisõ, Seiketsu e Shitsuke. Vamos falar um pouco sobre cada uma delas:
Seiri -  senso de utilização - verifica o que é realmente necessário no ambiente de trabalho ( ferramentas, materiais, papéis etc ). O que não está sendo usado é guardado ou descartado ( sem dó!). Este processo diminui os obstáculos à produtividade no trabalho. Se você trabalha com computador o que adianta ter folhas e folhas de rascunho, enchendo a sua mesa?

Seiton - senso de ordenação - enfoca a necessidade de um espaço organizado ( quadro de ferramentas, arquivo de documentos etc ). Dispomos os materiais que precisamos no nosso serviço de maneira a melhorar o fluxo do nosso trabalho e eliminando movimentos desnecessários.

Seisõ - senso de limpeza - a limpeza é uma necessidade diária de qualquer ambiente. Geralmente, em escritórios existe uma equipe que faz esta limpeza. Mesmo assim, podemos ajudar jogando o lixo fora, por exemplo, até mesmo separando o que pode ser reciclado do que é lixo orgânico. Se o seu ambiente de trabalho for pequeno e vocês que são os responsáveis pela limpeza do local, no final do expediente pode-se tomar alguns minutinhos para organizar, limpar, guardar, etc
Seiketsu - senso de saúde - este senso pode parecer um tanto metódico, mais é importante. Basicamente, ele padroniza as práticas do trabalho, como manter os materiais juntos, canetas com canetas, livros com livros e assim por diante, senão quando formos procurar um livro na estante vamos acabar encontrando uma tesoura, que pode até machucar alguém. Tem outra situação que também eu encaixo aqui que é o cuidado com fios espalhados, gavetas abertas, cadeiras fora do lugar. As vezes estamos tão focados no trabalho que não damos atenção a estes objetos que podem até causar um acidente de trabalho. Favorece à saúde física, mental e ambiental.

Shitsuke - senso de autodisciplina - quando implantamos os últimos quatro S considerados, aplicamos este quinto S para fazer a manutenção e manter a ordem em nosso ambiente de trabalho. É um tanto difícil, pois é necessário fazer com que os todos  mantenham à ordem no local de trabalho. Devem seguir regras como " usou, guarde", "sujou, limpe". Como eu disse, não é fácil, mas é importante tentar.

É legal ter alguém que alem de dar a sua parcela de contribuição, também inspecione se alguém está deixando de cumprir com a sua parte. O objetivo é fazer uma manutenção dos 5S, ajudar na aplicação dos princípios por parte dos funcionários.

Que tal colocar em prática? Estas regras se aplicam como disse acima, aos locais de trabalho, casa, grupo de estudos

Nenhum comentário: